Métodos Ágeis: É Importante a Certificação?

Visualizado 1167 vezes.

g2996Neste artigo vou abordar a importância da certificação em métodos ágeis. O uso de métodos ágeis como uma abordagem para gerenciamento de projetos tem aumentado dramaticamente nos últimos anos. O Gartner prevê que os métodos ágeis serão utilizados em 80% de todos os projetos de desenvolvimento de software.

Uma pesquisa feita pelo PMI mostrou que o uso de práticas ágeis tem aumentando drasticamente ao longo dos anos. Além disso, a pesquisa demonstra o valor que métodos ágeis podem ter na redução de defeitos do produto, melhorando a produtividade da equipe, melhoria na entrega e aumento do valor comercial.

O PMI-ACPSM está posicionado para reconhecer e validar o conhecimento desta importante abordagem. Com a disseminação do gerenciamento de projetos e do constante desenvolvimento de suas ferramentas, os profissionais da área vem se confrontando com um mercado próspero–porém muito complexo.

Devido ao crescimento desse mercado ocorreu também a expansão de diversos cursos de especialização na área de gerenciamento de projetos, praticamente em todas as cidades de médio/grande porte existem dezenas desses cursos. Tendo em vista à evolução do gerenciamento de projetos, o PMI, reconhecendo as necessidades do mercado, oferece diferentes certificações, entre elas a PMI –Agile Certified Pratictioner (PMI-ACP) resultado do ambiente de negócios dinâmico em que hoje as diferentes organizações atuam.

O aumento do número de cursos por um lado proporciona o fomento da área e a formação de massa crítica, porém a falta de padronização e muitas vezes a dissonância com as práticas do Guia PMBOK® criam dúvidas sobre a qualidade de muitos cursos e consequentemente sobre o conhecimento de alguns profissionais.

A grande necessidade de ganhar competitividade estimula as empresas a operar em mercado mais amplos, cooperando e competindo para melhorar sua qualidade e preço, isso gera muitos gastos e para compensar os mesmos, há uma grande necessidade em agregar valor à empresa. Essa realidade vivida pelo setor mais tradicional do gerenciamento de projetos se adéqua melhor quando se utiliza o método ágil, por esse setor ser relativamente novo quando comparado ao gerenciamento de projeto tradicional.

Veja Também:  Acessando WebCam com C#

Pensando um pouco sobre a questão do desenvolvimento, esse desenvolvimento se faz presente em diversas áreas do conhecimento técnico e assim, são utilizadas certificações profissionais, pois essas representam o reconhecimento da habilidade e experiência no uso das técnicas e aplicação de conhecimentos, assim, mantendo um diferencial e adicionando confiabilidade ao currículo de cada profissional. Deve ser visto em seu sentido mais amplo a comprovação formal dos conhecimentos, habilidades, atitudes e capacidade do profissional, requeridos para a execução de uma determinada atividade.

As melhores práticas do gerenciamento de projetos difundidas e consolidadas, em sua forma tradicional, começaram a serem questionadas. Em uma área do gerenciamento de projetos envolvida intensamente com desenvolvimento tecnológico de software como o gerenciamento ágil de projeto, as mudanças técnicas são constantes e extremamente rápidas.

Para atender as demandas desses projetos tecnológico o gerenciamento ágil de projetos utiliza ferramentas que focam as entregas ao invés das extensas documentações.

Onde estão os valores e princípios?

Para os Valores, temos:

  • Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas;
  • Software em funcionamento mais que documentação abrangente;
  • Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos;
  • Responder a mudanças mais que seguir um plano;

Para os Princípios, temos:

  • Maior prioridade é satisfazer o cliente através da entrega contínua e adiantada de software com valor agregado;
  • Mudanças nos requisitos são bem vindas, mesmo tardiamente no desenvolvimento;
  • Processos ágeis tiram vantagem das mudanças visando vantagem competitiva para o cliente;
  • Entregar frequentemente software funcionando, de poucas semanas a poucos meses, com preferência à menor escala de tempo;
  • Pessoas de negócio e desenvolvedores devem trabalhar diariamente em conjunto por todo o projeto;
  • Construa projetos em torno de indivíduos motivados. Dê a eles o ambiente e o suporte necessário e confie neles para fazer o trabalho;
  • O método mais eficiente e eficaz de transmitir informações para e entre uma equipe de desenvolvimento é através de conversa face a face;
  • Software funcionando é a medida primária de progresso;
  • Os processos ágeis promovem desenvolvimento sustentável;
  • Os patrocinadores, desenvolvedores e usuários devem ser capazes de manter um ritmo constante indefinidamente;
  • Contínua atenção à excelência técnica e bom design aumenta a agilidade;
  • Simplicidade — a arte de maximizar a quantidade de trabalho não realizado — é essencial;
  • As melhores arquiteturas, requisitos e designs emergem de equipes auto organizáveis;
  • Em intervalos regulares, a equipe reflete sobre como se tornar mais eficaz e então refina e ajusta seu comportamento de acordo;
Veja Também:  Planejamento da Arquitetura de TI

O PMI apresenta uma certificação (como citada anteriormente), que cumpre o propósito de padronizar e disseminar o gerenciamento ágil de projetos, reunindo as seguintes exigências de conhecimentos práticos e teóricos dos certificados: educação secundária (ensino médio ou equivalente) ou superior, 2.000 horas de trabalho em projetos adquiridos nos últimos 5 anos, 1.500 horas de trabalho em projetos -usando técnicas ágeis -adquiridos nos últimos 2 anos, 21 horas de treinamento em Gerenciamento Ágil de Projetos.

Os conceitos Ágeis através de diferentes métodos e processos, foram sendo incorporados no gerenciamento de projetos e sua utilização aplicada em diversas organizações. Não poderia deixar de adicionar ao texto, as principais vantagens do gerenciamento ágil de projetos:

  • Retorno mensurável do investimento mais cedo, entrega iterativa de incrementos dos produtos;
  • Alta visibilidade do andamento do projeto, permite a identificação precoce e resolução ou monitoramento de problemas;
  • Envolvimento contínuo do cliente em todo o ciclo de desenvolvimento do produto;
  • Melhoria na satisfação e motivação dos times de desenvolvimento do projeto;
  • Poder ao proprietário da empresa para tomar decisões necessárias para atingir as metas;
  • Adaptação à evolução das necessidades de negócio, dando mais influência sobre as mudanças de requisitos;
  • Redução dos resíduos do produto do processo;
  • Maior pontualidade na entrega. Estimativas mais realistas, clientes mais envolvidos e satisfeitos

A intensiva competitividade na área de desenvolvimento de software faz com que as empresas busquem sempre o aperfeiçoamento de seus serviços para poder vencer a concorrência. Prazo e qualidade, além é claro de melhor aceitação e adaptação a mudanças são importantes diferenciais que podem ser atingidos utilizando-se metodologias ágeis de desenvolvimento. Embora não seja a solução para todos os problemas, a metodologia ágil mostra uma maneira de trabalhar bastante organizada e iterativa, podendo inclusive contribuir para um ambiente de trabalho mais amigável, portanto é uma boa opção para se obter os diferencias desejados.

Veja Também:  Anatomia do Neurônio

Em um mundo qualificado pelo desenvolvimento tecnológico e pela dispersão do uso de software em praticamente todas as áreas do conhecimento humano, faz-se necessário um novo tipo de gestão para os projetos.

O mundo hoje depende de projetos e, para muitas organizações, são eles que garantem o dia de amanhã e permite-lhes sobreviver e crescer.Assim sendo, os métodos ágeis veem respondendo de forma positiva a essas necessidades, por focar os esforços da equipe no produto final e nas necessidades do cliente, relevando à segundo plano o processo de documentação exaustivo. Uma vez que as empresas estejam ao par de tais metodologias e as principais ferramentas utilizadas na Gestão de Projetos aprendido na prática o que tange às certificações, então será possível um maior alcance nas credenciais e certificações.

O PMI veem trabalhando para criar um padrão para os métodos ágeis através do PMI-ACP Examination Content Outline e da certificação PMP-ACP. Outro ponto relevante do PMP-ACP é a re-certificação, a qual difunde as práticas do gerenciamento ágil e estabelece a necessidade de constante aprimoramento dos profissionais certificados.

Espero que tenham gostado do artigo.

Márcio Pulcinelli @ OminaVIncit


Referências:

[1] LEFFINGWELL, Dean and MUIRHEAD, Dave, Tactical Management of Agile Development: Achieving Competitive Advantage. 2004. Boulder, Colorado

[2] SOARES, Michel dos Santos, Comparação entre Metodologias Ágeis e Tradicionais para o Desenvolvimento de Software. Unipac-
Universidade Presidente Antônio Carlos, Faculdade de Tecnologia e Ciências de Conselheiro Lafaiete

[3] Agile Manifesto, Disponível em http://agilemanifesto.org/

[4] SCHWABER , Ken, What Is Scrum?

[5] www.scrumalliance.org

[6] PMI. Profissional Certificado em Métodos Ágeis.Disponível em:http://brasil.pmi.org/brazil/CertificationsAndCredentials/PMI-ACP.aspx/.


Valeu um café? Contribua com R$ 3,00 e ajude a manter o site no ar.



Visualizado 1167 vezes.

Deixe uma resposta