Android

Desenvolvendo para Android (OS)

Neste artigo vou explicar como configurar um ambiente para desenvolvimento em sistema operacional Android. Explicarei com detalhes como efetuar a configuração usando Eclipse.

O primeiro passo para isso é baixar os softwares necessários: o primeiro que iremos baixar é o próprio Eclipse no site oficial http://www.eclipse.org/.

image

Assim que clicar no download Eclipse, será levado para outra tela com uma serie de possibilidades de download conforme apresentado na imagem abaixo:

image

Quando clicamos em “compare packages”, somos levados para próxima tela, onde podemos ver uma matriz comparando todas as versões do software.

image

Para esse nosso exemplo vamos baixar o Java EE, pois é uma versão bastante completa.

image

Apos selecionar o link para download, você será redirecionado para a página de download propriamente dita. No meu caso (como meu SO é 64) escolhi a versão de 64 bits (eclipse-jee-helios-SR2-win32-x86_64.zip).

image

Basta clicar no link ([Brazil] C3SL – Federal University of Parana (http)) e iniciar o download:

SNAGHTML6de512

Quando o download do .zip estiver finalizado, descompacte-o para uma pasta qualquer. No meu caso, por padronização, sempre adiciono os programas na pasta “Program Files”.

SNAGHTML708b30

Agora, vamos executar o arquivo “eclipse.exe” para ver se está funcionando corretamente. Será apresentado inicialmente a tela de splash conforme imagem abaixo.

image

Em seguida deverá aparecer a tela de Workspace conforme imagem abaixo.

SNAGHTML144858a

Assim que foi clicado o botão “OK”, o eclipse finalizará sua carga e irá inicializar o ambiente de desenvolvimento conforme imagem abaixo. Não entrarei em detalhes sobre o ambiente, pois não é escopo deste artigo.

SNAGHTML1493ae4

Pronto!! Neste ponto, já temos o Eclipse instalado e funcionando, porém ainda não temos como desenvolver para Android, pois as APIs ainda não estão instaladas.

Instalando as APIs do Android

Para instalar as APIs ou melhor dizendo, o SDK do Android, precisamos entrar no site oficial do Android e baixa-lo.

O site é o: http://developer.android.com/sdk/index.html

SNAGHTML14ee797

Vamos baixar a versão .ZIP (android-sdk_r11-windows.zip) ao invés do executável. Para isso basta clicar no link e iniciar o download.

SNAGHTML15082dc

Após baixar o arquivo, descompacte-o para uma pasta qualquer. No meu caso usarei a pasta C:\Program Files (x86)\android-sdk-windows.

SNAGHTML1528ac8

Agora já temos o SDK na nossa máquina para darmos início as configurações dentro do Eclipse. Então, vamos lá.

Vamos abrir o Eclipse para dar início.

Com o Eclipse aberto, vamos clicar no menu Help->Install New Software. A seguinte tela será aberta:

SNAGHTML1569497

Vamos clicar no botão “Add…”, conforme imagem acima. Após clicar no botão Add.. A tela abaixo aparecerá para você informar um nome e uma localização. No campo Name você pode informar qualquer coisa que desejar, no campo Location,você deve adicionar a seguinte URL (https://dl-ssl.google.com/android/eclipse/). Em seguida clique em OK.

SNAGHTML1593384

O Eclipse vai atualizar a lista de plugins e vamos selecionar o “Android Development Tools” e clicar em “Next” conforme imagem abaixo:

SNAGHTML15d6251

Assim que clicarmos em “Next”, a seguinte de tela de “Review Licences”aparecerá. Basta clicar em “I Accept the terms…” e clicar em “Finish”, que o Eclipse irá iniciar o processo de instalação dos pacotes do plugin.

SNAGHTML15f14de

SNAGHTML160e8ee

Se a tela de warning aparecer conforme abaixo, basta clicar em “OK” para continuar.

SNAGHTML1618ba2

Assim que o processo de instalação for finalizado, o Eclipse disparará a seguinte mensagem pedindo para reiniciar o IDE do Eclipse.

SNAGHTML1635a56

É altamente recomendado que você reinicie o Eclipse, caso contrário ocorrerá erros. Por isso, clique em “Restart Now”. O IDE será iniciado automaticamente. Se aparecer a mensagem solicitando o Workspace, clique em OK.

Com o ambiente novamente carregado, vemos pequenas modificações feitas conforme a tela a seguir:

SNAGHTML16610c9

Na tela acima, podemos ver o bonequinho do Android na barra de ferramentas. Este é um indicio de que o plugin foi instalado corretamente.

Vamos agora continuar com a configuração:

Vamos clicar no menu Window->Preferences para configurar o SDK do Android. A seguinte tela será apresentada.

SNAGHTML16d4ffa

Vamos adicionar o SDK Location (no meu caso C:\Program Files (x86)\android-sdk-windows) e clicar em Apply. Assim que clicar em Apply, a lista de SDK Targets será apresentada conforme imagem abaixo.

SNAGHTML170746b

Clique em “OK” para fechar a tela.

Neste ponto temos nosso ambiente quase completo, mas ainda falta baxar alguns pacotes para completar a configuração.

Vamos clicar no menu WIndow->Android SDK and AVD Manager. A seguinte tela será apresentada.

SNAGHTML175741d

Clique no item “Available Packages” conforme a imagem abaixo. Marque as opções conforme selecionado abaixo e clique em “Install Selected”.

SNAGHTML17a4e74

Após instalar os últimos pacotes, precisamos criar um “Android Virtual Device – AVD”. Para isso, vamos clicar no menu WIndow->Android SDK and AVD Manager. Clicamos em seguida no item “Virtual Devices” conforme apresentado abaixo e clicamos também no botão “New…”:

SNAGHTML17dd7fe

Assim que clicarmos no botão “New..” a seguinte tela será apresentada:

SNAGHTML181a1c2

Copie os dados como estão acima para a sua configuração e clique em “Create AVD”.

Quando você clicar em “Create AVD”, o Eclipse voltará para a tela anterior com a seguinte configuração:

SNAGHTML18432e9

Agora vamos clicar em “Start…” para testarmos o ambiente do Android. Assim que clicamos me “Start…”, a seguinte tela é carregada.

SNAGHTML1855f17

Basta clicar em Launch para iniciar o ambiente. Imagem abaixo. Aqui vale ressaltar, que dependendo da máquina, pode demorar um tempo considerável para carregar.

Tela inicial 1:

SNAGHTML189a51c

Tela inicial 2:

SNAGHTML18a0989

Tela Android Carregado:

SNAGHTML18a858b

Se você chegou nesse ponto é porque tudo foi configurado de forma correta e temos nosso ambiente Android configurado corretamente.

No próximo artigo falarei sobre como desenvolver seu primeiro programa para Android.

Espero que tenham gostado do artigo.

Márcio Pulcinelli @ OminaVincit